Comunicação

Notícias

Obras do VLT Carioca revelam loja de venda de escravosLista de Notícias

Arqueólogos que trabalham nas obras da Linha 3 do VLT Carioca encontraram restos de uma casa que vendia escravos no século XIX no centro do Rio de Janeiro. Foram descobertos alicerces, um conjunto de poços e uma bola de ferro, semelhante às utilizadas para evitar fugas de escravos.

O achado ocorreu durante as escavações na região da Avenida Marechal Floriano que preparam o terreno para a implantação do último trecho do Veículo Leve sobre Trilhos.

“Fizemos uma sobreposição de mapas antigos com atuais e não há dúvidas de que o ponto escavado na Rua Miguel Couto corresponde ao endereço na Rua Ourives onde havia comercialização de escravos”, afirma Maria Dulce Gaspar, coordenadora do projeto.

A bola de ferro, que pesa cerca de 15 quilos, foi encaminhada para um laboratório. O poço e parte dos alicerces do antigo imóvel serão protegidos por uma espécie de manta e areia e posteriormente serão encobertos. Com essas adaptações, o Iphan, órgão de proteção ao patrimônio, autorizou o prosseguimento das obras que não precisaram ser paralisadas. O projeto segue as orientações da Instrução Normativa 01/2015, do Iphan.